PS-RPS

No mundo atual, onde as pessoas se ligam instantaneamente, através de diferentes ferramentas de comunicação disponibilizadas pela tecnologia, a velocidade e a eficiência tornaram-se a norma. A resposta imediata converteu-se numa realidade das nossas vidas diárias o que exige a criação de soluções para tentar, continuamente, atingir essa meta. E o caso da indústria de pagamentos não é uma exceção. Durante os últimos séculos, o dinheiro foi considerado um dos instrumentos de pagamento mais conveniente, que assegura a transferência imediata de fundos. No entanto, o dinheiro tem as suas vantagens e desvantagens. Por exemplo, é um instrumento caro devido aos custos associados à impressão, armazenagem e circulação

Consequentemente, os países de todo o mundo têm trabalhado para a consolidação de sociedades livres do uso de dinheiro, através da implementação de diferentes sistemas e esquemas de pagamentos para alcançar este objetivo e, até há pouco tempo, o dinheiro transferido eletronicamente só estava disponível para o beneficiário, independentemente se era um comerciante ou um particular, após um ou vários dias. Por isso, nos últimos anos, foram desenvolvidas diversas iniciativas para permitir a transferência de dinheiro de forma eletrónica instantaneamente para o beneficiário.

Em todo o mundo, os pagamentos imediatos (também denominados pagamentos urgentes, pagamentos rápidos ou pagamentos em tempo real de baixo valor) ganharam uma grande dinâmica. Esta nova tendência é imparável dado que conta com o suporte da crescente procura, dos clientes, por serviços de pagamento que sejam fáceis, convenientes, seguros e com elevada disponibilidade. Esta procura enquadra-se naquilo que a tecnologia pode trazer nos nossos dias.

O PS-RPS é um sistema de pagamentos de baixo valor em tempo real, com cobertura nacional, que opera ao 24 horas or dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, com o objetivo de cobrir as necessidades dos nossos clientes finais e oferecer-lhes um serviço flexível e rápido. Os clientes que utilizam o PS-RPS serão capazes de realizar transações de dinheiro cara-a-cara, tão facilmente como se estivessem a trocar notas e poderão enviar dinheiro para qualquer localidade do país, com uma velocidade eletrónica, mesmo que os bancos estejam encerrado.s

Com a crescente prevalência e ubiquidade dos dispositivos inteligentes, juntamente com o aumento de novas tendências tecnológicas, como a Internet das Coisas (IoT), as opções de pagamento e canais oferecidos aos consumidores finais aumentaram drasticamente. Os consumidores podem escolher entre uma enorme variedade de canais de iniciação de pagamento, usando os seus dispositivos inteligentes ou qualquer outro dispositivo ligado à Internet, incluindo os seus computadoras pessoais. Por razões de conveniência, antecipa-se que o telefone inteligente venha a ser o dispositivo de acesso a pagamentos mais utilizado pela nova geração de sistemas de pagamento de baixo valor ao qual pertence o PS-RPS.

O PS-RPS suporta a utilização de canais ou aplicações de iniciação e pagamentos a partir de  qualquer dispositivo inteligente e permite aos consumidores iniciar diferentes tipos de operações de pagamentos de Pessoa a Pessoa (P2P), Negócio a Negócio (B2B), Pessoa a Negócio (P2B) Negócio a Pessoa (B2P) e pagamentos ao Estado. Os pagamentos mais correntes são transferências de crédito únicas. No entanto, o PS-RPS disponibiliza uma nova solução para os débitos diretos, que não requer mandatos pré-definidos e, consequentemente permite que os clientes tenham um melhor controlo dos saldos das suas contas bancárias.

O PS-RPS distingue a liquidação entre clientes, que ocorre de forma imediata e em qualquer momento, incluindo à noite, nos fins de semana e em feriados bancários, e a liquidação entre os bancos que, tipicamente, é efetuada através de um Sistema SLBTR, quando o Banco Central se encontra aberto.

A conceção do motor de liquidação em PS-RPS é flexível e parametrizável, permitindo ao administrador de pagamentos escolher entre uma série de opções. O PS-RPS está desenhado para permitir múltiplos ciclos de liquidação durante o dia, cobrindo as 24 horas do dia. Os ciclos de liquidação podem ser despoletados com base num dos seguintes dois fatores, o que for satisfeito mais cedo:

  • Configuração do tempo de duração
  • Um limiar de valor equivalente às diferentes reservas de liquidez dos bancos (exemplo: limites de débitos)

O PS-RPS utiliza uma abordagem de Liquidação Líquida Diferida (DNS) para as liquidações interbancárias. Quando cada ciclo de liquidação é concluído, o sistema gera as posições líquidas dos bancos participantes e comunica-as aos bancos centrais para a conclusão da liquidação no sistema RTGS. Entretanto, o ciclo de liquidação seguinte já teve início.

A abordagem DNS, integrada no PS-RPS, cumpre com os Princípios de Infraestrutura dos Mercados Financeiros, publicados pelo Comité de Pagamentos e Infraestruturas de Mercado (CPMM). Estes princípios são definidos como um padrão global para suportar a estabilidade financeira em todo o mundo Seguindo estes princípios, a abordagem DNS requer que os bancos tenham colateralizado totalmente os seus limites de débitos.

As vantagens mais evidentes desta nova tendência são obtidos pelo cliente final e pelas empresas. Para além das vantagens evidentes de poder enviar e receber pagamentos 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, com acesso imediato aos fundos, esta solução permite aos clientes e às empresas um melhor controlo da respetiva situação financeira e dos respetivos gastos. Podem simplesmente escolher a quem e quando pagar, onde quer que se encontrem. A sua empresa irá beneficiar da melhoria dos fluxos de caixa, devido à transferência imediata dos fundos, e, mais especificamente, os comerciantes contam com a segurança imediata de que o pagamento foi realizado antes de serem entregues os bens ou serviços.

Do lado dos bancos, o PS-RPS representa uma oportunidade precoce de competir com novos participantes, como a PayPal, Apple ou Google. Disponibilizando serviços de pagamento imediatos irá contribuir para fortalecer o envolvimento dos clientes com os serviços oferecidos pelos bancos e, assim, abrindo novas perspetivas com receitas rentáveis. Os pagamentos imediatos podem ajudar os bancos a desenvolver novos produtos inovadores bem como opções digitais de pagamento para os clientes finais.

Para as autoridades públicas, o racional de base dos pagamentos imediatos é extremamente sólido. Os pagamentos imediatos melhoram a eficiência da macroeconomia, impulsando a inovação. O sistema também ajuda na luta contra o financiamento de atividades ilegais. Nos países em desenvolvimento, o PS-STPR pode facilitar a inclusão financeira porque não necessita de redes extensivas de bancos nem linhas de telecomunicação físicas para poder funcionar.

Vamos Conversar

Por favor preencha e envie o formulário seguinte; um representante da ProgressSoft entrará em contacto consigo para lhe prestar assistência direta

(Sexta-feira é feriado oficial)

Em que lhe podemos ser úteis, hoje?

Por favor preencha e envie o formulário seguinte para receber um vídeo sobre PS-RPS.